Como respeitar os limites e necessidades do seu corpo